Sem categoria

Mulheres continuam sendo assediadas e marginalizadas, até quando?

Esta semana presenciamos pelo noticiário a história do famoso treinador do Ayrton Senna, que inclusive tem livros consagrados, Nuno Cobra. Esta pessoa assediou covardemente várias mulheres por muito tempo e só agora as denúncias vieram à tona. Sua pena? Multas e serviço comunitário? Oi? Essa pena é ridícula e é um tapa na cara de cada uma de nós, mulheres. Até quando?

Toda mulher já esbarrou em um Nuno Cobra da vida…infelizmente, esta é a nossa realidade. Muitas vezes ficamos caladas, porque as pessoas simplesmente não querem saber. Aliás, como assuntos polêmicos são evitados por todos, não é? Entretanto, isso tem que acabar. Como? Com denúncias, com campanhas, com penas (de verdade) mais duras e principalmente, com educação a meninas e meninos de cunho não machista. A ignorância em relação a este assunto ainda é muito alta. Muitas mães ainda educam seus filhos, meninas e meninos, de forma diferente. Até quando?

Recentemente, um coach de Belo Horizonte que vivia tendo seu rosto estampado nos jornais como um dos melhores do país, um Head Master Coach, também teve seus abusos e assédios a coachees (pessoas fragilizadas) estampados nos jornais por uns dois dias. As formas de assédio eram dignas de um filme de horror, com requintes de crueldade dada as técnicas que utilizava por meio do seu alto nível de inteligência utilizada para o mal. A pena? Bem, não sabemos. O caso sumiu das mídias, mas sabe-se que o tal é um advogado, de família de posses e de muita influência na sociedade…aí, você já imagina, né. Daqui a pouco estará em outra cidade ou outro país fazendo as mesmas coisas.

As mulheres estão ganhando campo no mercado de trabalho, mas isso também segue lentamente. Ainda recebem salários menores em igual posição aos seus colegas homens. Ainda têm bem menos representação em posições de liderança, embora sejam bem mais qualificadas. Até quando?

Não vou render demais este assunto, na verdade, sinto-me enojada…mas gostaria que você refletisse e agisse, você,  mulher e você, homem em prol de um mundo mais justo e melhor pra todos.

Esta semana começarei a gravar alguns vídeos sobre as diferenças entre homens e mulheres na gestão. Não são melhores e nem piores, apenas possuem algumas características diferentes e complementares. Sim, complementares, senão Deus não teria criado ambos, bastaria um. Contudo, adianto que um gênero tem tentado adotar características mais inerentes ao outro, não será isso a admiração pelo sexo oposto? Aguarde!

Bjs e um lindo dia pra você!

Marcela França (mídias sociais e contratação abaixo)

Blog: http://www.marcelafranca.com.br

Site:  http://www.vilelafranca.com.br

You Tube: http://www.youtube.com/marcelafrancadigital

Fanpage: http://www.facebook.com/marcelafrancadigital

Instagram: http://www.instagram.com/@marcelafrancadigital

Twitter: http://www.twitter.com/marcelafdigital

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/marcela-franca/

 

Contratação para Palestras e Treinamentos:

contato@marcelafranca.com.br

marcela.franca@vilelafranca.com.br

http://www.marcelafranca.com.br

WhatsApp: 9. 7137-1966

Telefone: +55 31 2127-3092

18 de setembro de 2017
Mulher

Até quando?

Mulheres continuam sendo assediadas e marginalizadas, até quando?
6 de setembro de 2017
a 2

Bora ser feliz?

O Brasil está de cabeça pra baixo e a gente, como ser feliz neste emaranhado que virou o país?
4 de setembro de 2017
I 1

Querer ser herói ou heroína não é tão inteligente assim…

O mundo está cobrando que a gente seja super herói e tem muita gente achando isso lindo, será que é mesmo?
30 de agosto de 2017
Close up of friends with circle of smart phones.

Celular no trabalho: você é da turma dos que abusam do uso ou dos que reclamam do abuso?

O uso do celular no trabalho está dando muita dor de cabeça por aí.