felicidade

O Mercado de Trabalho está realmente deixando as pessoas em “estado de nervos”.

Costumo dizer que estamos todos a ponto de explodir e isso, logicamente, é muito perigoso. Quem está desempregado, está nervoso porque as contas não param e quem está empregado, tem o medo do desemprego, além de estar trabalhando por dez, uma vez que as empresas estão mais enxutas e precisam trabalhar assim para não fecharem as portas.

Com isso, as pessoas estão cada vez mais agressivas. Estão impacientes no ambiente de trabalho, estão se atacando pelas mídias sociais e estão infelizes na vida social.

O que fazer, então?

É importante buscar pelo equilíbrio emocional. Aliás, quem me acompanha por aqui sabe o tanto que defendo a “inteligência emocional” como uma das competências comportamentais mais importantes nos dias de hoje.

Sim, se boa parte das pessoas estão estressadas, nervosas e irritadas, as possibilidades de conflitos são grandes. Se você se irritar demais a cada momento de conflito (dos pequenos aos grandes) e demorar a voltar ao seu normal, além de fazer mal à sua saúde, provavelmente você fará mal a outras pessoas também.

Então, busque métodos e ferramentas para se acalmar e principalmente, se manter equilibrado. Aqui neste vídeo, eu lhe dou algumas dicas. Veja abaixo.

Contratação para Palestras e Treinamentos:

contato@marcelafranca.com.br

marcela.franca@vilelafranca.com.br

www.marcelafranca.com.br

WhatsApp: 9. 7137-1966

Telefone: +55 31 2127-3092

 

13 de novembro de 2017
estresse

Por que tanta agressividade?

O Mercado de Trabalho está realmente deixando as pessoas em “estado de nervos”.
6 de setembro de 2017
a 2

Bora ser feliz?

O Brasil está de cabeça pra baixo e a gente, como ser feliz neste emaranhado que virou o país?
4 de setembro de 2017
I 1

Querer ser herói ou heroína não é tão inteligente assim…

O mundo está cobrando que a gente seja super herói e tem muita gente achando isso lindo, será que é mesmo?
31 de julho de 2017
P 3

Pro bem ou pro mal, as pessoas fazem toda a diferença…

Você já reparou que tem pessoas que literalmente acabam com a nossa alegria, enquanto outras parecem levar luz e festa aonde vão?