Sucesso

Qual a sua missão no mundo? O que lhe faz sentir-se motivado? O que lhe deixa feliz?

A vida é mesmo uma graça, às vezes parece muito longa e às vezes parece muito curta. Em momentos de felicidade plena, queremos desfrutá-la ao máximo. Porém, em momentos de dificuldade, angústia,tristeza e desespero, ela parece ser comprida demais…

Você tem um propósito? De todos os seus objetivos, você sabe qual é o maior, o principal?

Pergunto isso porque parece ser fácil, mas na verdade, descobrir a nossa verdadeira paixão, aquilo que nos deixa motivado, aquilo que a gente realmente quer da vida, não é uma tarefa muito simples.

Contudo, é importante parar, respirar e fazer uma boa reflexão sobre o assunto. Se a gente não sabe o que quer, pra onde ir, aquela máxima acaba sendo realidade, “qualquer caminho serve”.

Mais importante do que saber quais cursos de graduação, de pós-graduação, de curta duração fazer, é saber o que se quer da vida, de onde se pretende partir e onde se pretende chegar.

Além disso, a vida não é uma coisa só. Existem vários campos, o que você quer de cada um? Será que se você se dedicar demais em um deles, corre-se o risco de outros ficarem descobertos? Eu creio que sim e busco pelo equilíbrio entre todos eles. E você? O que você espera da vida e de cada um desses campos?

Como está a sua vida profissional? E a amorosa? A social? A espiritual?

O que você está fazendo? O que mais pretende fazer? Quais contribuições você está deixando para o mundo, para a sua comunidade ou pelo menos, para as suas próximas gerações? Comente aí.

Mas por favor, só não me fale que você está deixando acontecer, “deixando a vida te levar…” E se tiver e achar que isso é o melhor, defenda também a sua opinião.Quem sabe você me convence do mesmo…

Abraços e um ótimo dia.

 

 

28 de junho de 2017
16

Qual a sua diferença no mundo?

Qual a sua missão no mundo? O que lhe faz sentir-se motivado? O que lhe deixa feliz?
25 de março de 2017
Executivos

Marketing Pessoal

QUER SE DESTACAR NO MERCADO DE TRABALHO?   Você sabia que um aperto de mão pode definir se você consegue um emprego ou não? Falando em […]